logo - O Melhor Profissional


Exemplos de buscas eficientes: Pizzaria em Natal ou Pousada em Macaíba


O que é pintura de parede?



Pintura de parede - o que é, quais os tipos e como fazer?

 

O que é pintura de parede?

 

A pintura de casa consiste na aplicação de tintas nas paredes, pisos, portas, janelas, entre outras partes.

 

Normalmente a pintura das paredes é uma das últimas etapas da obra. Ela é feita depois que todas as paredes estão revestidas, portas e janelas instaladas e bancadas assentadas.

 

As tintas utilizadas são substâncias líquidas constituídas de pigmentos, ligantes, diluentes e aditivos. Após sua aplicação, os diluentes evaporam e a tinta se transforma em uma película protetora.

 

Por isso as tintas com mais pigmentos e ligantes são consideradas de melhor qualidade.

 

Uma casa bem pintada transmite a sensação de casa nova e até aumenta o valor do imóvel. A seguir falaremos um pouco mais sobre os tipos de tintas e como fazer a pintura de paredes, não perca!

 

Tipos de tintas para parede.

Com o avanço da tecnologia surgiram muitos tipos de tintas no mercado. Hoje existe um tipo de tinta específico para cada aplicação: área interna ou externa e área molhada ou seca.

 

Apesar da grande variedade, as tintas podem ser divididas em dois grupos:

 

Tintas à base de água: são fáceis de manusear e limpar, tem pouco odor, menor inflamabilidade, secam rápido e apresentam maior resistência ao descascamento.

Tintas à base de solventes ou óleos: proporcional alta qualidade de aderência, porém demoram mais para secar, tem odor forte e se tornam quebradiças com o tempo.

Atualmente, usa-se apenas tintas à base de água para pintar as paredes, são as chamadas tintas látex.

 

A seguir falaremos sobre os 2 tipos de tintas látex mais utilizados em construções residências.

 

Tinta Látex PVA.

A tinta látex PVA (vinil acrílica) é composta por acetato de polivinila e solúvel em água. Ela não resiste a umidade, por isso é recomenda para a parte interna das casas.

 

Elas oferecem boa cobertura, secagem rápida e odor mínimo. Além de facilidade no manuseio e limpeza dos respingos. Elas custam menos que as tintas acrílicas que falaremos a seguir.

 

Tinta acrílica.

A tinta látex acrílica, ou apenas tinta acrílica como é mais conhecida, também é solúvel em água, mas possui resinas acrílicas em sua fórmula que proporciona ao produto alta impermeabilidade depois de aplicado.

 

Por esta característica, as tintas acrílicas são indicadas para áreas externas e internas, tanto secas quanto molhadas da casa. As tintas acrílicas podem ser lavadas, o que confere maior comodidade quando comparada a tinta látex PVA.

 

As tintas acrílicas possuem 3 tipos de acabamentos, sendo:

 

Tinta acrílica acetinado.

Ela tem um brilho mais discreto, que diminui, mas não esconde as imperfeições da parede. Um ponto positivo é que a limpeza é fácil.

A tinta acrílica acetinado é indicada para paredes que não possuam irregularidades, tetos e portas de madeira.

 

Tinta acrílica fosco.

Ela com um efeito visual opaco e absorvente. Com ela a parede ganha um aspecto aveludado, o que disfarça melhor as imperfeições.

 

O lado ruim da tinta acrílica fosca é que ela mancha com facilidade e sua limpeza é dificultada. Uma dica é pintar parte das paredes com cores mais escuras com este tipo de acabamento. Elas são indicadas para paredes e tetos.

 

Tinta acrílica brilhante.

Ela é a tinta com mais brilho, deixando a parede com cara de nova por mais tempo. Porém, ela evidencia qualquer irregularidade da alvenaria.

 

A tinta acrílica brilhante é indicada para áreas internas e externas e portas e janelas de madeira.

 

Como fazer a pintura de uma parede nova?

Preparação do ambiente.

A pintura das paredes é uma das últimas etapas da construção. Geralmente quando pintor chega na obra os pisos, revestimento, bancadas, portas, janelas e louças já foram instalados. E por melhor que seja o pintor, sempre existirá o risco de respingos.

 

Por isso a primeira coisa que o pintor deve fazer é preparar o ambiente protegendo: as esquadrias, louças, bancadas, rodapés, revestimentos com fitas e papeis; os pisos com lona ou papelão; e as plantas e gramados com panos.

 

Preparação da superfície.

A preparação da superfície é a etapa mais importante da pintura. A preparação mal feita é responsável por 90% das falhas nas pintura.

 

E um dos itens mais importantes desta fase é o mais simples, aguardar o tempo de secagem de 28 dias do reboco ou gesso. Mas não é só isso, cada tipo de área demanda cuidados diferentes.

 

Para áreas externas, a maior atenção deve ser em relação a limpeza e retirada dos contaminantes. Para fazer a limpeza é comum a lavagem com água e sabão, e depois enxágue para retirar qualquer resíduo de sabão.

 

Já os contaminantes mais comuns são sujeiras e calcificações removidas com escovas e vassouras, e os fungos que são eliminados com água sanitária.

 

Nas áreas internas, a maior preocupação geralmente está com as imperfeições. Por isso, primeiro são usadas lixas para uniformizar a parede, para depois ser feita a limpeza do pó com vassouras ou pano úmido. A preparação das paredes revestidas com reboco ou gesso é o mesmo.

 

Aplicação do selador.

A aplicação do selador ajuda a melhorar a adesão da tinta a parede, proporcionando um acabamento mais uniforme.

 

Uma vez aplicados, eles selam os poros da parede, reduzindo o consumo de tinta e economizando na obra, dado que eles custam menos que as tintas.

 

A aplicação do selador é feita com pincéis (trinchas) e rolos, assim como as tintas. Eles têm geralmente a pigmentação branca, o que ajuda a bloquear possíveis manchas. Normalmente o tempo para secagem é de 3 horas.

 

Aplicação da massa.

As massas são utilizadas para nivelar e corrigir as imperfeições as pequenas imperfeições da parede. Além de proporcionar um acabamento mais liso, elas são capazes de se movimentar junto com a estrutura, evitando assim o surgimento de trincas na pintura.

 

Em áreas externas, as massas são utilizadas para preencher orifícios em torno de caixilhos de portas e janelas para protege-las de infiltrações de água.

 

Existem no mercado dois tipos de massas, a massa corrida PVA, indicada para área internas secas, e a massa acrílica, ideal para áreas externas ou molhadas. Elas são geralmente brancas, mas podem ser coloridas para melhorar o acabamento.

 

As massas são aplicadas com a desempenadeira de duas a três demãos com intervalo de 2 horas entre cada aplicação. O tempo da secagem final é de 4 horas.

 

Após a secagem a massa é feito mais um lixamento e limpeza para garantir uma superfície perfeita. Nesta etapa você pode usar a lanterna do seu celular para checar imperfeições.

 

Aplicação da tinta.

Evite realizar a pintura em dias muitos secos, com a umidade do ar abaixo de 10%, ou em dias muitos úmidos e chuvosos.

 

Nos dias secos, as partículas da tinta podem não ter tempo de formar a película protetora devido a secagem muito rápida.

 

Já em duas úmidos, a secagem pode demorar muito e atrasar a outras demãos, podendo acarretar em bolhas ou manchas.

 

Recomenda-se também não fazer a pintura em paredes com insolação direta, vento e poeira.

 

Confirme com o seu pintor, se ele fez a diluição da tinta conforme a recomendação do fabricante e se ele irá começar o trabalho pelo teto para evitar manchas e respingos nas paredes e pisos.

 

A aplicação da tinta é feita com rolo em movimentos de zigue-zague, formando um “W”.

 

Outros pontos importantes estão em não ficar tirando o rolo da parede e fazer a aplicação de forma leve e contínua. Para tinta acrílica recomenda-se o uso do rolo anti-respingo.

 

Para evitar manchas, é recomendado que deixe sem pintar com o rolo 5cm em torno das portas, janelas, rodapés, louças, bancadas, etc. Depois de passado o rolo, o pintor deverá pintar o entorno destas peças com pincel (trincha).

 

Depois de aplicada a primeira demão, espere o tempo de secagem sugerido pelo fabricante na embalagem antes de aplicar as próximas demãos.

 

Como fazer a pintura de uma parede já pintada?

O procedimento para pintar uma parede já pintada é praticamente o mesmo da pintura de uma parede nova, exceto em alguns cuidados adicionais na preparação da superfície.

 

Para fazer a repintura é necessário:

 

Raspar, lixar ou escovar a parede para eliminar partículas soltas ou mal aderidas;

Achar e tratar a causa raiz dos problemas com mofo, infiltração ou trincas; e

Tampar os buracos de pregos, buchas ou lascas com gessos.

Outra diferença é, uma vez preparada a superfície, é aplicado o fundo preparador ao invés do selador. Apesar de serem produtos com características diferentes, a aplicação e cuidados são os mesmos.

 

Uma vez aplicado o fundo preparador, a parede esta pronta para receber as demãos de tintas igual a parede nova.

 

Como calcular os materiais de construção?

Tinta.

A quantidade de tintas é calculada por m² de superfície e quantidade de demãos. Por isso, você primeiro precisará calcular a área da superfície que multiplicando a largura x comprimento.

 

Em seguida, você precisará do rendimento da tinta escolhida. Cada fabricante dispõe na embalagem o rendimento da tinta para 1 demão. Com a área da superfície calculada e o rendimento em mãos, basta multiplicá-los para obter a quantidade de tinta para 1 demão.

 

Pronto, agora para saber quantos litros de tintas irá precisar é só multiplicar a quantidade acima pelo número de demãos. Este cálculo serve para tintas, seladores e massas.

 

 

Gostou desse conteúdo?

 

O site melhor profissional liberal é uma plataforma de serviços confiável destinada aos melhores profissionais que anunciam seus serviços,

e os clientes que possuem alguma necessidade os encontram aqui.

 

#Pedreiro

#Eletricista

#Gesseiro

#Azulegista

#Vidraceiro

#ConstruçãoCivil

#Marceneiro

#Pintor

#Arquiteto

#Engenheiro

#Advogado

#Mecânico

#Encanador

 

http://omelhorprofissional.com.br/

 

Acesse nosso site e anúncie!

NAVEGUE POR CATEGORIA

 

BANNER'S

 

EMPRESAS EM DESTAQUE

 

 

PARCEIROS

 



Siga-nos no Facebook


ACM Marketing Digital - Agência de Marketing Digital